CONHEÇA A EQUIPA

João Graça

 Doutorado em Psicologia (ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, 2016), Investigador de Pós-Doutoramento no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-ULisboa), e Professor Auxiliar Convidado na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (FCH-UCP).

O seu principal interesse de investigação incide nas transições para hábitos de consumo mais saudáveis e sustentáveis, com foco principal na alimentação.

Mónica Truninger

Doutorada em Sociologia pela Universidade de Manchester (2005), e Investigadora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-ULisboa). Antes de integrar este instituto, em 2008, passou pelas Universidades de Bangor (País de Gales), de Surrey (Inglaterra) e Cardiff (País de Gales).

Alguns dos projetos que presentemente desenvolve inserem-se na área da segurança alimentar e questões higieno-sanitárias nos consumidores, frescura alimentar, insegurança alimentar em populações vulneráveis e sistema alimentar.

Cristina Godinho

Doutorada em Psicologia Clínica e da Saúde, é atualmente investigadora de pós-doutoramento na Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, membro da equipa do Programa Nacional de Promoção de Atividade Física da DGS e Professora Auxiliar convidada do Mestrado de Psicologia Social da Saúde do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL).

 

Os seus interesses de investigação relacionam-se com a promoção da mudança de comportamentos que têm impacto na saúde, nomeadamente promoção de uma alimentação saudável e de atividade física.

Markus Vinnari

Doutorado em Sociologia Económica pela Universidade de Turku (Finlândia), Mestre em Economia pela Universidade de Tampere (Finândia) e em Biotecnologia Ambiental pela Universidade Técnica de Tampere. Atualmente, ensina Food Economics e Business Management no departamento de Economia e Gestão da Universidade de Helsínquia e é professor adjunto de Sociologia Económica na Universidade de Turku.

 

Os seus principais interesses de investigação incluem economia ecológica, investigação prospetiva, política alimentar, desenvolvimento sustentável, estudos críticos animais, consumo de carne e vegetarianismo (aspetos éticos, ambientais e sociais) e consumo.

Lúcia Campos

Licenciada em Psicologia pelo ISCTE-IUL (2014), tendo também aí concluído o mestrado em Psicologia Social e Organizacional (2016).

 

Especializou-se nas áreas de Psicologia da Saúde e Psicologia Social do Género, com a dissertação “Food as a way to convey masculinities: how conformity to hegemonic masculinity norms influences men's and women's food consumption”. 

David Guedes

Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa (FPUL, 2015), é bolseiro de investigação no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-ULisboa).

Os seus interesses de investigação incluem os determinantes psicológicos das escolhas e preferências alimentares, com ênfase nos aspetos emocionais.

Lisa Roque

Doutorada em Psicologia do Desenvolvimento (ISPA-Instituto Universitário, 2010), Investigadora Doutorada Contratada no Centro de Investigação e Intervenção Social (CIS), no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.

Os seus principais interesses de investigação incidem sobre temáticas relacionadas com o Desenvolvimento Psicobiológico de crianças e jovens, regulação emocional e vinculação.